Inicio do conteudo

Vacinação de 8 a 10/6: confira quais doses serão aplicadas

Traga um documento com foto e participe da ação realizada em parceria com a Prefeitura de São Paulo

Agência Indusnet Fiesp

Em parceria com a Prefeitura de São Paulo, a Fiesp realizará nos dias 8, 9 e 10 de maio, das 8h30 às 12h30, a campanha de vacinação. Como de costume, a ação vai acontecer em frente ao edifício-sede, à Avenida Paulista, 1313. Além da dose de reforço da vacina contra Covid-19, serão aplicadas gratuitamente as vacinas SCR (Sarampo, Caxumba e Rubéola), Dupla Adulto (Difteria e Tétano) e Hepatite B. Serão aplicadas também as vacinas contra a influenza (trivalente) e a 2º dose de reforço da Covid-19 para pessoas com 60 anos ou mais e adolescentes de 12 a 17 anos. 

Quem pode se vacinar

Dose de Reforço Covid-19: Pessoas maiores de 18 anos que tenham tomado a segunda dose há, no mínimo, 4 meses (precisa estar com pelo menos 122 dias completos). Pessoas que tiveram Covid devem aguardar 4 semanas após o início dos sintomas para receber a dose de reforço. A mesma recomendação se estende a pessoas assintomáticas, mas que testaram positivo para a doença.

2ª dose de reforço Covid-19: Pessoas com 60 anos ou mais e dose de reforço para adolescentes de 12 a 17 anos. 

Influenza (trivalente): idosos acima de 60 anos e trabalhadores da saúde.

SCR: Pessoas até 29 anos precisam ter duas doses comprovadas; acima de 29 anos, uma única dose e profissionais da saúde duas doses independentemente da idade. 

Dupla Adulto: Pessoas com mais de 7 anos com ou sem carteira de vacinação e um documento com foto. (Avaliação será necessária).

Hepatite B: Pessoas a partir do nascimento com ou sem carteira e um documento com foto (Avaliação será necessária). 

Imagem relacionada a matéria - Id: 1656365597


Restrições

Gestantes e pacientes imunodeprimidos não poderão tomar a vacina SCR (Sarampo, Caxumba e Rubéola).

Segurança

Toda as vacinas são seguras e autorizadas pela Anvisa, e constam no calendário de vacinação de crianças, adultos e idosos, do Programa Nacional de Imunização (PNI).

Medidas de proteção

Todas as medidas sanitárias vigentes serão tomadas, como uso obrigatório de máscara, disponibilização de álcool em gel e distanciamento social.