Inicio do conteudo

Antaq discute atuais problemas no transporte marítimo com a indústria

Dialogar com os operadores para diagnosticar as dificuldades é o objetivo crucial do GT para resolver as questões do setor aquaviário

Milena Nogueira, Agência Indusnet Fiesp

Para abordar problemas relativos ao transporte marítimo, especialmente o de usuários de contâineres, a Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) se reuniu com o Ciesp e a Fiesp na quarta-feira (16/3), tendo como fio condutor das discussões pesquisa realizada pela agência. Segundo Júlio Ramundo, diretor titular do Departamento de Infraestrutura da Fiesp e do Ciesp (Deinfra), a pandemia causou escassez mundial de contâineres. “Há uma alta generalizada nos preços marítimos que prejudica a indústria e a economia brasileiras, quadro que Ciesp e Fiesp vêm acompanhando com preocupação”.

Eduardo Nery, diretor geral da Antaq, reforçou que a agência tem o dever de aumentar a competitividade e a qualidade do serviço: “É importante o diálogo com os atores impactados, isto é, os empresários associados do Ciesp, para buscar e entender um diagnóstico preciso do problema com o apoio de todos que atuam no setor de operação marítima”, disse.

O GT nasceu observando os debates nesse momento de pandemia para buscar entender as questões do Brasil e do mundo para resolver ou, ao menos, mitigar o problema, dentro da competência da agência. Tudo começou com a crise de falta de contâineres. Depois do fechamento dos portos, houve o aumento de demanda devido às compras de e-commerce no Brasil e no mundo. “Identificar o problema é crucial para entender qual medida regulatória é preciso enfrentar”, pontuou Flávia Takafashi, diretora da Antaq.

O alto preço do frete marítimo para movimentação de contâineres em 2021 foi observado em função da forte demanda de cargas, principalmente nos Estados Unidos, o que provocou aumento de 31% em relação a 2020, de acordo com a Antaq.

A Antaq criou um grupo de trabalho sobre o tema que pode ser contatado pelo e-mail: gttransportemaritimo@antaq.com.br

Imagem relacionada a matéria - Id: 1656388282

Antaq tem o dever de aumentar a competitividade e a qualidade do serviço. Foto: Everton Amaro/Fiesp