SESI e SENAI desenvolvem ações para ajudar a comunidade e os hospitais nesta pandemia

As escolas SESI dos municípios de Jundiaí, Campo Limpo Paulista, Cajamar, Itatiba e Vinhedo são postos de arrecadação

Os diretores das escolas SESI SP e SENAI SP de Jundiaí e Região, diretores do CIESP Jundiaí e conselheiros participaram nesta segunda-feira (29) da reunião do Conselho SESI/SENAI. Durante a reunião, os diretores das escolas apresentaram as ações que estão sendo desenvolvidas para ajudar a comunidade, os municípios e hospitais públicos de todo o Estado de São Paulo.

O SESI SP lançou na semana passada uma campanha para arrecadar alimentos não-perecíveis em todo o Estado de São Paulo. De acordo com Alexandra Miamoto, diretora do SESI, além de Jundiaí, as doações estão ocorrendo nas escolas em Campo Limpo Paulista, Cajamar, Itatiba e Vinhedo. “É um momento de engajamento de todos e em Jundiaí, o Sesão é o nosso ponto de arrecadação”, comentou, lembrando que os alimentos serão doados para as entidades que participaram da campanha com as refeições.

Vandermir Francesconi Júnior,  primeiro diretor-secretário da FIESP e do CIESP, explicou que em 2020, o atendimento às famílias carentes foi feito com refeições prontas pq os alunos estavam em casa. “Naquela época, o SESI tinha toda a estrutura das cozinhas, colaboradores e mantimentos para preparar as refeições e foi feito. Em Jundiaí distribuímos mais de 7 mil refeições/dia por três meses. Mas agora, temos que estar preparados para atender a volta às aulas e os nossos alunos. Por isso, a campanha de arrecadação de alimentos neste momento”, explicou.

Sobre alimentação, o vice-diretor, Claudio Palma, levantou a questão dos alimentos de sobra limpa nas empresas que possa chegar nas mãos de quem está precisando. “Poderíamos entrar em contato com as prefeituras da nossa região, estabelecer um convênio: não é hora de pensarmos sobre isso?”, questionou.

A diretora Alexandra esclareceu que a supervisão de segurança alimentar é bastante rígida neste ponto. “Em nossas escolas, as refeições são contadas de acordo com o número de alunos e não podemos doar a sobra limpa. Aqui no SESÃO são produzidas 1.600 refeições/dia. Se houver falta de aluno e isso não foi previsto antes do preparo das refeições, a sobra, infelizmente, é descartada. Somos acompanhados, diariamente, com meta mínima de alimentos descartados”, explicou, lembrando que esse assunto poderia ser levados ao Conselho Municipal de Segurança Alimentar do município.

A LEI Nº 14.016, de 23 de junho de 2020, dispõe sobre o combate ao desperdício de alimentos e a doação de excedentes de alimentos para o consumo humano. Para acessar a legislação: https://www.in.gov.br/web/dou/-/lei-n-14.016-de-23-de-junho-de-2020-263187111

Entre as ações ainda do SESI SP para ajudar as empresas durante a pandemia estão os testes para a COVID-19 em empresas. “Estamos promovendo a testagem dos colaboradores das empresas na residência  ou na clínica parceira em apoio às indústrias da região”, explicou Caio Azevedo, coordenador de Relação com a Indústria e Comunidade do SESI SP. “Estamos disponibilizando o Teste Rápido Antígeno AG, por R$ 157,00 a unidade, é de coleta Similar ao RT-PCR, ele é feito com o auxílio do swab – o famoso cotonete – e seus resultados saem em aproximadamente 15 minutos”, explicou. “Assim como o PCR, é aplicado na fase aguda (2º ao 7º dia de sintoma), onde as pessoas correm o maior risco de transmissão, com a diferença de ser mais barato, rápido e de fácil mensuração (imunocromatografia). Ideal para testagem em massa, pois fornece o resultado imediato e laudo oficial em até 24 horas”, completou. Para entrar em contato com Caio Azevedo, ligue (11) 4523-5191 ou envie um e-mail para caio.azevedo@sesisp.org.br.

Alexandra e Júnior Francesconi visitaram na quarta-feira, dia 24, o prefeito de Jundiaí, Luiz Fernando Machado para anunciar os investimentos de ampliação que serão promovidos no SESI Luiz Latorre, na Vila Hortolândia. No espaço escolar, localizado na Cidade Administrativa, serão construídos uma área de lazer com dois mini campos de futebol society, palco aberto para apresentações teatrais, playground, pista de atletismo, vestiário e quiosques. A obra tem previsão de entrega para o final do ano de 2022. “A escola atende a mais de 1.192 estudantes, entre seis e 10 anos, no Ensino Fundamental I. É mais uma parceria direcionada para a formação das crianças, o que resulta em uma sociedade melhor no futuro”, detalhou.

SENAI SP  - O diretor do SENAI Jandira e Santana do Parnaíba, professor José Jorge de Andrade, comentou sobre as ações do SENAI SP para contribuir com os hospitais e municípios. No dia 24 de março, o presidente Paulo Skaf, lançou a campanha de Cilindros de Oxigênio e as indústrias que possuírem cilindros para ceder devem entrar em contato pelo e-mail: oxigenio@sp.senai.br, com as seguintes informações: quantidade de cilindros disponível, volume, localidade onde se encontram, tempo de cessão e nome da empresa fornecedora do gás. “Prefeituras e hospitais que necessitem de cilindros também podem utilizar o mesmo e-mail para fazer a solicitação. Uma equipe do SENAI-SP entrará em contato para viabilizar a operação”, explicou.

Além disso, SENAI-SP voltou a consertar, gratuitamente, respiradores  para hospitais públicos. “No ano passado, foram reparados e entregues em pleno funcionamento 205 aparelhos para 62 cidades. Os hospitais públicos que tiverem o equipamento a consertar, devem procurar a unidade SENAI SP da cidade que fará o encaminhamento do equipamento para o SENAI da Vila Leopoldina/SP.

O professor também anunciou que entre os dias 12 e 26 de abril começa as inscrições para o processo seletivo dos cursos de Aprendizagem, Técnico Diurno (Empresa) e Técnico Diurno (Comunidade). “Por conta da pandemia, não teremos processo seletivo com prova escrita, mas haverá análise do boletim do 9º ano”, explicou, anunciando também que a escola SENAI Jandira é um Núcleo de Tecnologia da Informação. “Em 2020, tivemos uma parceria importante com o SEBRAE SP para suporte e assessoria. Neste início, estamos apenas atendendo com três áreas: Desenvolvimento Tecnológico, Assessoria e Consultorias e Informação Tecnológica para atender as empresas de toda a região”, completou.

Cíntia Souza – Assessoria de Comunicação CIESP Jundiaí

Comente