Sessão Solene da Câmara reúne diretores e ex-diretores do Ciesp São Carlos

Realizada no dia 23, solenidade foi uma homenagem aos 70 anos da Regional

diretores-solenidade-70-anos-ciesp

A Sessão Solene realizada pela Câmara Municipal de São Carlos em homenagem aos 70 anos do Ciesp contou com a participação dos atuais diretores da Regional e de cinco ex-diretores, que fizeram questão de marcar presença. O evento foi realizado na última sexta-feira (23), no auditório do Ciesp, e em seguida foi oferecido um coquetel.

Além dos atuais diretores Emerson Chu, Marcos Henrique dos Santos e Paulo Giglio, participaram da sessão os ex-diretores Coriolano Morato Ferraz Meirelles (1980/83), Gerson Edson Toledo Piza (1988/2001), o Juquita, Sergio Pepino (2001-2011), Ubiraci Moreno Pires Corrêa (2011-2017) e Carlos Partel, diretor adjunto de 1998 a 2004.

sergio-ojima-e-emerson-chu

Sergio Ojima, do Ciesp São Paulo, e Emerson Chu na celebração dos 70 anos do Ciesp São Carlos

O gerente do Departamento de Infraestrutura do Ciesp São Paulo, Sergio Ojima, estava na região e compareceu ao evento. Também participaram desse momento de comemoração os diretores do Senai São Carlos, Marcio Vieira Marinho, do Sesi, Alexandre Minghin, e o gerente do Sebrae, Elton Aquinori Yokomizo, além de dirigentes da Associação Comercial e Industrial de São Carlos (Acisc), da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), do Centro do Professorado Paulista (CPP) e da Prefeitura.

A sessão foi conduzida pelo presidente da Câmara, Lucão Fernandes. “É uma alegria estar aqui no Ciesp, com uma sessão tão importante como esta. Se você analisar ao longo dos anos, os diretores que por aqui passaram atuaram com muita responsabilidade e muito comprometimento em defesa dos interesses das indústrias, tão importantes para nossa cidade. E a Câmara sempre sendo parceira, trabalhando junto, se mantém de portas abertas para receber a diretoria, para que juntos possamos trabalhar em prol de uma sociedade melhor e de condições melhores para se viver”, comentou.

emerson-chu-lucao-fernandes

Emerson Chu, diretor do Ciesp São Carlos, e Lucão Fernandes, presidente da Câmara

Para o atual diretor titular do Ciesp São Carlos, Emerson Chu, esse é um momento importante e que não poderia, de modo algum, passar despercebido. “Setenta anos é um número forte e coube a nós tentar resgatar toda essa história. Com isso, estamos promovendo diversas ações ao longo de todo o ano. Por exemplo, digitalizamos mais de 1.200 imagens, parte delas expostas aqui, justamente com o intuito de resgatar toda essa história e levá-la para o futuro”, relatou.

Um pouco de história

A Diretoria Regional do Ciesp São Carlos foi fundada em 19 de junho de 1949, na época chamada de Delegacia Regional. A reunião de fundação foi realizada na sede da Acisc, com a presença de inúmeros industriais da cidade.

A primeira Diretoria era composta por Germano Fehr Júnior, com participação de Ernesto Pereira Lopes, Baptista Lauria Ricetti, Miguel Abdelnur, Viriato Fernandes Nunes, Alfredo Maffei, Emílio Fehr e Nicolino Pileggi. Uma turma de peso.

“O Ciesp congrega muitas indústrias de são Carlos, que é uma cidade tradicionalmente industrial. Com isso conseguimos juntar os principais pensadores da cidade, e é muito importante para nós o fato de termos aqui pessoas que ajudam a decidir até mesmo o futuro da cidade”, destacou Ubiraci Corrêa, que integrou a diretoria – antes com adjunto e depois como titular – durante 16 anos. Atualmente é membro do Conselho do Ciesp.

industriais

Ubiraci Corrêa (à direita) acredita no associativismo como forma de lutar pela classe

Para ele, o associativismo é o caminho para que uma classe consiga atuar em sua própria defesa. “Quando falamos em defender, não estamos falando de subsídios, nem de arranjos a nosso favor, mas simplesmente decisões importantes para a sobrevivência da categoria, para que, juntos, possamos fazer o Brasil ir para frente”, explicou.

A Diretoria Regional do Ciesp participou de ações determinantes que renderam benefícios para toda a comunidade como, por exemplo, a instalação do Senai no município.

Outra atuação importante do Ciesp foi na época da elaboração do Plano Diretor Municipal, quando ficou estabelecido que independentemente do bairro em que a indústria estivesse localizada, pagaria o mesmo valor de IPTU que pagam as indústrias do Distrito Industrial Miguel Abdelnur.

“São Carlos foi uma das principais cidades industriais do estado de São Paulo e foi a primeira do interior a ter Ciesp, graças a Germano Fher Junior. E São Carlos tinha naquela época algumas indústrias tradicionais, de porte elevado, o que fez com que a cidade se desenvolvesse mais. Sem dúvida, o crescimento se deve, especialmente, às indústrias que foram, em grande parte, a alavanca da cidade”, analisou Coriolano Meirelles.

O gerente do Departamento de Infraestrutura do Ciesp São Paulo lembrou que hoje São Carlos está numa região estratégica do estado. “Vou te dar como exemplo o setor elétrico: muitas das linhas de transmissão que distribuem energia para o estado de São Paulo passam por essa região, incluindo São Carlos e Araraquara. Estou falando de 80% da energia do estado e de uma cidade que tem grandes polos tecnológicos, e isso para o nosso departamento tem uma importância muito grande”, ressaltou Sergio Ojima.

Até o fim do ano, o Ciesp ainda promoverá outras ações em comemoração aos seus 70 anos, entre elas, a criação de uma cápsula do tempo, com mensagens que deverão ser abertas daqui a 30 anos, no centenário na Diretoria Regional.

Comente