Ciesp São Carlos prepara cápsula do tempo para seu centenário

Ideia é reunir mensagens em texto, depoimentos em vídeo e fotografias

Em comemoração aos seus 70 anos, o Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (CIESP) – Regional São Carlos irá preparar uma cápsula do tempo para ser aberta em seu centenário, que será celebrado em junho de 2049.

A ideia é reunir mensagens em texto, depoimentos em vídeo e até fotografias em uma cápsula resistente ao tempo, que será lacrada e guardada na própria sede. A proposta é que a cápsula fique exposta próxima ao busto de Germano Fehr Júnior, o primeiro diretor da Regional.

“Estamos preparando um documentário com todos os ex-diretores do Ciesp São Carlos e os associados mais antigos, tanto para exibir no dia em que a cápsula for lacrada, quanto para guardar uma cópia desse vídeo dentro dela. Essa é uma forma de registrar a história do Ciesp e compor sua memória”, explicou o diretor titular do Ciesp, Emerson Chu.

Diversas autoridades e entidades da cidade serão convidadas a participar desse momento, enviando suas mensagens para serem lidas daqui a 30 anos no centenário do Ciesp. Em tempos de vertiginosas mudanças, tal iniciativa torna-se um precioso registro da evolução da história.

“Vale lembrar que 30 anos atrás não tínhamos, por exemplo, a internet tão acessível como temos hoje, e da qual muitos de nós depende para os negócios. E provavelmente, muito daquilo que esteja citado na cápsula, nem existirá mais daqui a 30 anos”, destacou Chu.

A cápsula será lacrada em dezembro, encerrando as comemorações dos 70 anos do Ciesp São Carlos, em data ainda a ser confirmada. “Para nós é uma honra muito grande poder participar desse momento tão importante, valorizando todos que já passaram por aqui e ajudaram a construir essa história”, finalizou Chu.

Comente