MP da Liberdade Econômica é importante passo para melhorar ambiente de negócios

Medida Provisória da Liberdade Econômica atende pleitos da Fiesp e do Ciesp quanto à modernização das relações entre o Estado e o setor privado

A MP da Liberdade Econômica editada hoje (30/4) pelo governo federal parte do princípio da presunção de boa fé dos entes privados e reduz a intervenção do governo nas atividades econômicas.

Vários pontos atendem a pleitos da Fiesp e do Ciesp que demandam a modernização das relações entre o Estado e o setor privado.

A grande burocracia e a excessiva regulamentação predominantes no Brasil inibem a criação de empreendimentos, a inovação e a geração de empregos. Longe de ser a solução definitiva, a MP constitui importante passo para a construção de um novo ambiente de negócios. É preciso aprová-la no Congresso Nacional e baixar normas para os pontos que precisam de regulamentação específica para, de fato, melhorar a competitividade das empresas e criar melhores condições para o crescimento econômico.

Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp)

Comente