Inicio do conteudo

Skaf: Temer concorda que não é preciso aumentar impostos para fechar as contas

Presidente da Fiesp e do Ciesp se reúne em Brasília com o vice-presidente da República

Agência Indusnet Fiesp/Ciesp

O presidente da Fiesp e do Ciesp, Paulo Skaf, disse em entrevista coletiva neste domingo (24/4) em Brasília que o vice-presidente da República, Michel Temer, concorda que  não é preciso aumentar impostos para fechar as contas públicas. A declaração foi feita depois de reunião entre Skaf e Temer no Palácio do Jaburu.

Skaf apresentou a Temer propostas para fazer o ajuste fiscal sem elevar impostos e sem prejudicar programas sociais. Skaf lembrou que o Governo desperdiça muito dinheiro e é pouco eficiente. Na conversa, o presidente da Fiesp manifestou sua preocupação com “o aumento do desemprego, fechamento de indústrias, de comércio, essa situação grave na área econômica”.

Skaf disse que o aumento da arrecadação se dará “naturalmente” com a retomada do crescimento. A elevação da carga tributária esfriaria ainda mais a economia. “Não é possível sacrificar as empresas e as famílias neste momento”, afirmou.

O encontro entre Skaf e Temer foi tema de reportagem no Fantástico, da Rede Globo. Também foi noticiado por grandes portais, como UOL e Globo.com, e por jornais como Folha de S.Paulo e O Estado de S. Paulo.