Inicio do conteudo

Roriz: Tabelamento do frete viola o princípio da livre-iniciativa

A Fiesp é contra a Medida Provisória 832/2018, que foi aprovada hoje na Comissão Mista e que institui a Política de Preços Mínimos do Transporte Rodoviário de Cargas. “O tabelamento dos valores de frete representa um grande retrocesso”, afirma José Ricardo Roriz, presidente em exercício da Fiesp e do Ciesp. “Fixar preços mínimos viola o princípio da livre-iniciativa e é ineficaz.”

A Fiesp continuará atuando no Congresso Nacional e no Judiciário contra o tabelamento.

“No país centenas de milhares de caminhoneiros concorrem pela carga a ser transportada, mas o governo inventa de tabelar o preço do frete”, destaca Roriz. “Ter concorrência tabelada é coisa sem pé nem cabeça.”