Inicio do conteudo

Rodada de Negócios em Jundiaí promove 1.399 reuniões entre 153 empresas

O Ciesp Jundiaí promoveu nesta quarta-feira (11/9), a sétima Rodada de Negócios deste ano

Núcleo de Comunicação, Cíntia Souza 

O evento que reuniu 153 empresas, entre âncoras e ofertantes, aconteceu nesta quarta-feira (11/9), no primeiro dia da Brasil Log – Feira Internacional Logística, que está sendo realizada no Parque Comendador Antonio Carbonari (Parque da Uva), em Jundiaí.

O diretor titular do Ciesp Jundiaí, Marcelo Cereser, disse que o evento tem como objetivo reunir empresas de diversos segmentos e portes para criar novas oportunidades de negócios exclusivos, aproximando-as e fortalecendo o associativismo. “Com as rodadas de negócios, conseguimos proporcionar a aproximação e grandes e médias empresas, com as pequenas e microempresas associadas ao Ciesp, visando o desenvolvimento de novos negócios. Este evento permite oxigenar os departamentos de compras das indústrias âncoras que participam do evento, abrindo oportunidades para novos fornecedores de produtos e serviços. A Rodada de Negócios quebra a lógica de buscar sempre os mesmos fornecedores”, explicou.

A oportunidade de ser recebido por grandes indústrias de Jundiaí e região é o grande chamariz para as empresas ofertantes. Vinícius Ribas, da Falke Lubrificantes, destacou o volume de prospecções que consegue fazer participando da Rodada de Negócios: “O volume de negócios que a gente consegue prospectar vale muito a pena a participação no evento. É um momento único que me permite conversar com diversas empresas, apresentar meu produto e, principalmente, falar que estou na mesma região que elas”, garantiu

Thales Delgado, da Digital Jundiaí, destacou a organização do evento e a comodidade em chegar com uma lista de reuniões com empresas que demandam o produto ou serviço que estou ofertando. “Muitas vezes, consigo chegar numa empresa e ela não está precisando do meu produto naquele momento e aí eu perco a visita. Numa tarde, conseguir fazer 40 apresentações da minha empresa, é cansativo, mas é muito mais produtivo, avaliando o investimento de tempo e custos”, destacou.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1574132707

José Henrique Toledo (Ciesp São Paulo) enfatizou que o mais importante da Rodada de Negócios é o fortalecimento da economia regional

Para José Henrique Toledo (Produtos, Serviços e Negócios do Cesp São Paulo), o mais importante da Rodada de Negócios é o fortalecimento da economia regional. “A maioria das empresas participantes é da região e, muitas vezes, elas não têm relacionamento comercial; fazendo negócios na região, movimenta a economia e roda a cadeia produtiva”, destacou.

Michele G. Fazan, da Plascar, está participando pela terceira vez do evento. “Nossa empresa está com uma diretoria nova, se reestruturando e com visão de buscar novos parceiros de negócios. E a Rodada nos permite isso: encontrar novos fornecedores que podem estar aqui, na mesma região, e que, por conta da correria do dia a dia, a gente não consegue atender as empresas que nos procuram oferecendo seus produtos e serviços. Estou bastante satisfeita, as reuniões estão bem focadas no que eu preciso e isso é bastante produtivo”, comentou.