Inicio do conteudo

Projeto de porto seco em Itatinga é apresentado na Fiesp/Ciesp

O prefeito da cidade apresentou argumentos que justificam a implantação da ideia

O Prefeito de Itatinga, Paulo Apolo, se reuniu com diretores da Fiesp/Ciesp, dia 2 de abril, para apresentar e buscar apoio das entidades no desenvolvimento de um projeto de parceria público privada, que tem como objetivo a criação de um porto seco no município.

Segundo o prefeito, Itatinga conta com acessos rápidos às principais rodovias do Estado, além de possuir ramal ferroviário ligando diversas regiões. Por esses motivos, a implantação do porto seco na cidade é plenamente justificável. “Temos 37 quilômetros de rodovia Castelo Branco, estamos a 40 quilômetros da Raposo Tavares e a 30 quilômetros da Marechal Rondon”, disse Paulo Apolo.

O prefeito também reforçou outra distância curta e importante: “Também estamos distantes apenas 50 quilômetros da Hidrovia Tietê – Paraná”.

O projeto do terminal intermodal foi bem recebido pelos diretores das entidades, e deve seguir para avaliação técnica e formalização junto ao governo do Estado.

Para o diretor de Infraestrutura do Ciesp e da Fiesp, Julio Diaz, a iniciativa tem o aval das entidades, mas requer o envolvimento de outras prefeituras da região. “O projeto é um grande desafio e foca no grave problema da logística, que dificulta a competitividade da indústria paulista e brasileira”, afirmou.

Agência Ciesp de Notícias