Inicio do conteudo

Programa Nagi P&G de inovação no setor de petróleo e gás é finalizado com sucesso

Mais de 200 empresas foram mobilizadas pelo projeto, uma parceria entre Ciesp, Fiesp, Senai-SP, USP e Finep

Amanda Viana, Agência Ciesp de Notícias

Para capacitar, apoiar e assessorar empresas na introdução ou no aprimoramento do sistema de gestão da inovação, a Federação e o Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp e Ciesp), em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai-SP) e a Universidade de São Paulo (USP), criaram o programa Núcleo de Apoio à Gestão da Inovação na Cadeia de Petróleo e Gás (Nagi P&G), financiado pela Finep.

O programa, que foi encerrado em cerimônia na sede da Fiesp e do Ciesp nesta quarta-feira (14/10), teve duração de 14 meses, com 5 módulos, somando 116 horas entre capacitações coletivas e consultorias individuais. O processo começou com mais de 200 empresas, e 83 delas continuaram até o final do programa, nos 10 polos formados. Também houve a participação de 15 instituições apoiadoras, 20 consultores e bolsistas atuantes.

Além de capacitar e apoiar as empresas ao desenvolvimento da inovação tecnológica, o programa se insere no esforço do país para aumentar a competitividade das empresas brasileiras por meio de maior inovação, facilitando a aproximação de micro, pequenos e médios fornecedores das demandas da cadeia produtiva de petróleo e gás, visando ao aumento do conteúdo local, seja para produtos ou serviços.

O segmento de petróleo e gás tem demandado produtos e serviços com características e exigências mais severas, e o Nagi P&G pode auxiliar os empresários nessa missão, avalia Romeu Grandinetti, especialista em Projetos de Inovação Tecnológica do Ciesp. “O Nagi P&G coloca na gestão da empresa o assunto qualidade, faz com que as empresas aprendam a gestão de inovação, praticada no setor de petróleo e gás”, disse.

Grandinetti explicou ainda que a gestão de inovação é algo abrangente, que pode envolver atividades variadas. “A proposta do Nagi é dar um salto na gestão da empresa, potencializando-a para novas situações.”

De acordo com Oswaldo Kawakami, gerente geral da Unidade de Operações de Exploração e Produção da Bacia de Santos da Petrobras, a inovação precisa ser trabalhada constantemente, devido ao seu crescimento exponencial, e o país necessita de mais projetos que tragam e promovam a inovação, como o Nagi P&G. “Se as pequenas empresas conseguirem se capacitar nesse processo de inovação contínuo, provavelmente vão crescer muito.”

“Espero que essas empresas continuem tendo sucesso e que transfiram o conhecimento ao próximo, criando uma malha de empresas inovadoras e desenvolvendo ainda mais o país”, disse.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1566661165

Evento de encerramento do programa Nagi P&G, parceria entre Ciesp, Fiesp, Senai-SP, USP e Finep. Foto: Ayrton Vignola/Fiesp

Veja abaixo o conteúdo dos módulos do programa Nagi P&G:

Módulo 1 – Oportunidades e Exigências do Setor de Petróleo e Gás.
Módulo 2 – Gestão da Inovação e Planejamento Estratégico.
Módulo 3 – Parceiros para a Inovação, Linhas de Financiamento e Incentivos à Inovação.
Módulo 4 – Ferramentas e Serviços disponíveis para as indústrias de P&G (Senai-SP).
Módulo 5 – Construção de Propostas de Planos de Gestão e/ou Projetos de Inovação.

Clique aqui para assistir aos depoimentos de empresas participantes do programa.