Inicio do conteudo

Bandeiras tarifárias indicam valor na conta de luz

Modelo em teste, as bandeiras verde, amarela e vermelha mostram se a energia vai custar mais ou menos. Medida entra em vigor em janeiro de 2014

Imagem relacionada a matéria - Id: 1582132177Desde 1º de junho, as faturas de energia elétrica informam ao consumidor as bandeiras tarifárias que refletem uma estimativa sobre o custo da energia no mês vigente. A medida visa facilitar a compreensão dos consumidores durante o ano de 2013, período de testes para aplicação das bandeiras tarifárias.

O teste servirá para disseminar junto aos consumidores o conceito das bandeiras tarifárias, que passarão a vigorar a partir de janeiro de 2014. De acordo com a Aneel – Agência Nacional de Energia Elétrica, as bandeiras funcionarão como um semáforo de trânsito que indica diferença de custo de geração de energia para o consumidor.

A Bandeira Verde significa custos baixos para gerar a energia e nenhum acréscimo na tarifa. A Bandeira Amarela indica um sinal de atenção, pois os custos de geração estão aumentando e a tarifa sofre acréscimo de R$ 1,50 para cada 100 quilowatt-hora (KWh) consumidos. Por sua vez, a Bandeira Vermelha sinaliza que a oferta de energia para atender a demanda dos consumidores ocorre com maiores custos de geração, como, por exemplo, o acionamento de grande quantidade de termelétricas para gerar energia, que é uma fonte mais cara do que as usinas hidrelétricas. Nesse caso, a tarifa sofre acréscimo de R$ 3,00 para cada 100 kWh consumidos.

Para o mês de junho foram acionadas bandeiras vermelhas. Clique aqui para ver o calendário previsto para divulgação das bandeiras.

Agência Ciesp de Notícias

*Com informações da Aneel