Inicio do conteudo

Fiesp alerta: AstraZeneca e BlackRock dizem que é falsa a afirmação de que estão negociando a venda de vacinas para empresas no Brasil

Reiteramos que os setores empresariais brasileiros estão à disposição do governo federal para ajudar, com apoio logístico, financeiro, campanhas informativas ou no que for necessário, para viabilizar a vacinação da população brasileira da forma mais rápida e eficiente possível.

Esta semana, foi divulgado na imprensa a informação de que um grupo de executivos estaria negociando a compra de 33 milhões de vacinas produzidas pela AstraZeneca por intermédio do fundo de investimentos BlackRock. Desde o início da semana, quando surgiram as primeiras notícias neste sentido, o presidente da Fiesp, Paulo Skaf, manifestou enorme preocupação, pois recebia informações de que nem AstraZeneca nem BlackRock confirmavam esta negociação.

Nesta quinta-feira, 28 de janeiro, Skaf conversou diretamente com o presidente da AstraZeneca no Brasil, Carlos Sanchez-Luís, e com o CEO da BlackRock Brasil, Carlos Takahashi, que negaram veementemente a existência de qualquer negociação em nível global para a venda dessas 33 milhões de doses de vacina.

Por isso, diante dessas negativas, a Fiesp ALERTA as empresas brasileiras para que fiquem atentas e tomem cuidado. “O povo brasileiro merece vacina e não falsas promessas”, afirma Skaf.