Inicio do conteudo

‘É fundamental que, nos primeiros 90 dias de governo, o presidente eleito ataque os principais problemas do país e da indústria’, diz presidente do Ciesp em artigo

Rafael Cervone afirma em texto publicado no jornal Diário de S. Paulo que Brasil precisa de reformas que incentivem a competitividade da cadeia produtiva

O presidente em exercício do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp), Rafael Cervone Netto, afirma no artigo “Crescer sem amarras”, publicado nesta quinta-feira (16/10), que a união da indústria é importante diante do quadro de agravamento da economia e do processo de desindustrialização.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1581919092

Cervone: “ “É fundamental que nos primeiros 90 dias de governo, o presidente eleito ataque os principais problemas do país e da indústria”. Foto: Tâmna Waqued

“Já passamos por muitas crises e conseguimos ultrapassá-las. A união da indústria é elemento essencial para trabalhar de maneira proativa para enfrentar esse ambiente econômico desafiador e evitar que seus efeitos sejam ainda mais maléficos à cadeia produtiva, ao emprego e à população brasileira”, afirma Cervone.

“O mundo não vai nos esperar”, prossegue Cervone. “É fundamental que nos primeiros 90 dias de governo, o presidente eleito ataque os principais problemas do país e da indústria. O Brasil precisa de uma agenda completa de reformas ambiciosas que incentivem a competitividade da cadeia produtiva. Só assim poderemos atingir o tão esperado crescimento econômico”, ressalta o presidente do Ciesp.