CIESP Jundiaí apresenta as ações da FIESP e um panorama da indústria da região em reunião na Câmara Municipal

Após sua explanação, Marcelo respondeu questionamentos dos vereadores

O diretor titular do CIESP Jundiaí, Marcelo Cereser, participou na manhã desta quinta-feira (30), de uma reunião da Comissão Especial da Câmara Municipal de Jundiaí, presidida pelo vereador Cristiano Lopes. Durante o encontro, que contou também com a presença do presidente do CDL e do Sincomércio, Edison Maltoni, Marcelo apresentou as ações da FIESP/CIESP/SESI/SENAI no enfrentamento desta pandemia, além de um panorama das indústrias da região.

O vereador Cristiano Lopes, presidente da Comissão Especial, destacou que a Câmara vem trabalhando, incansavelmente, no enfrentamento do Covid-19 e explicou que o objetivo da comissão é o de reunir empreendedores, entidades, associações ligadas à área de desenvolvimento econômico para montar um planejamento para a retomada econômica. “Queremos ouvir, debater, apresentar e contribuir com a Prefeitura para deixarmos pronto um projeto forte e consolidado de retomada da nossa economia assim que tudo isso passar. Temos que estar preparados para esta retomada”, explica Cristiano Lopes.

Marcelo reforçou a importância de estar preparado para o pós-crise

“Precisamos estar preparados. Em algum momento esta crise vai passar e, quando passar, temos que estar preparados para o que vier dali em diante. Este é o momento de planejarmos esta retomada: agradeço a oportunidade e o convite do vereador Cristiano Lopes em permitir que possamos apresentar as ações e as ideias das nossas entidades em contribuição aos empresários e às pessoas para enfrentamento desta crise”, anunciou Marcelo.

Maltoni criticou o governo estadual sobre as medidas de isolamento anunciadas.  “É obrigação daqueles que exercem o poder, proteger a vida e permitir que a sociedade tenha condições de trabalhar para se manter com dignidade. O varejo é o principal empregador e fonte de renda na maioria de cidades do interior e é um dos pilares que sustenta a economia local”, anunciou. “O governo estadual não ofereceu nenhuma contrapartida ao fechamento de nossas lojas, não ofereceu nenhuma ajuda emergencial. Por decisão do governo do Estado, somos obrigados a pagar o ICMS antes da venda: uma prática que já era difícil antes da pandemia, imagina agora, com nossas lojas fechadas”, criticou, oferecendo uma sugestão.“Precisamos sair, com responsabilidade, respeitando as normas da vigilância sanitária e da saúde, do isolamento para o distanciamento social, de forma que consigamos voltar a trabalhar”, comentou, antes de anunciar todas as medidas que o Sincomércio tomou, junto à Prefeitura de Jundiaí e ao governo estadual para minimizar os efeitos da crise para o varejo de Jundiaí.

Ações Sesi-Senai - Marcelo apresentou algumas ações das escolas Sesi e Senai para ajudar as famílias e os trabalhadores a enfrentar esta crise. “Nos portais do Sesi SP e Senai SP, os internautas vão encontrar informações sobre prevenção, qualidade de vida, alimentação e saúde, além de cursos on-line com certificação para poder investir em si mesmo neste momento em que está em casa: aproveitar o tempo para aprender e se preparar”, explicou. “Além disso, o Sesi vai servir 4 milhões de refeições para comunidades carentes, igrejas, associações de bairro, entidades. Em Jundiaí, este trabalho começará dia 11 de maio, com 8.400 refeições diárias. Já o Senai está ajudando com o conserto de respiradores, inclusive orientando as empresas nestes consertos e produzindo 600 mil máscaras para doação”, enumerou.

Indústrias da Região - Marcelo anunciou que 45% das indústrias estão operando com redução de sua capacidade. “A boa notícia é que apenas 10% demitiram, a maioria conseguiu manter seus trabalhadores em banco de horas, férias ou redução de jornada: as reuniões agora são por videoconferência, uma novidade que já se tornou normal e se provou bastante eficiente, pois evita deslocamento e aumenta a produtividade”, destacou. Marcelo explicou ainda que todas as empresas estão seguindo as normas de segurança com álcool em gel, aferição de temperatura e uso de máscaras. “As empresas também estão fazendo revesamento e horários escalonados para entrada e saída de pessoal”, completou.

O diretor titular do CIESP Jundiaí apresentou também o site da FIESP, que reúne todas as ações e as diversas frentes de trabalho criadas para minimizar os efeitos desta crise. “Em http://coronavirus.fiesp.com.br/, as pessoas encontram informações atualizadas diariamente sobre como nossas entidades FIESP/CIESP/SESI/SENAI estão trabalhando para defender os interesses da indústria, dos empresários, seus trabalhadores e familiares neste momento tão delicado que estamos vivendo”, ressaltou.

Marcelo finalizou sua participação apresentando o Protocolo de Retomada das Atividades após Quarentena, material elaborado pela FIESP. “É um guia para orientar os segmentos da sociedade a se estruturarem para que reinício das atividades ocorra de forma segura, preservando a saúde da população”, explicou. “Esse trabalho foi realizado em respeito à saúde dos cidadãos e busca alternativas de retomada das atividades. São as autoridades competentes que decidem sobre o momento da reabertura. O que estamos falando é que quando voltarmos, temos que voltar com cuidado”, reforçou. “Este documento traz orientações para todas os segmentos, não só para a indústria e vamos disponibilizar para que a Câmara possa divulgar para todos”.

Para acessar e baixar o Protocolo de Retomada das Atividades Após Quarentena, CLIQUE AQUI.

Após a explanação, os vereadores fizeram suas considerações e agradeceram as informações “Parabéns, Marcelo, pela preocupação que vocês tiveram e pela grandeza em compartilhar estas informações: é isso que precisamos daqui para frente. Não estamos vivendo um modelo novo, como você disse, estamos vivendo um novo normal”, destacou, o vereador Rafael Antonucci, concordando que todos os segmentos precisam estar engajados no mesmo sentido: o crescimento com preocupação com as normas de vigilância sanitária e saúde das pessoas. “Nos preocupamos sim, com a questão da saúde, mas também como viveremos daqui para a frente”, completou.

O vereador Cristiano Lopes, presidente da Comissão Especial, destacou que a Câmara vem trabalhando, incansavelmente, no enfrentamento do Covid-19. “Tanto no aspecto de saúde pública, quanto nos desafios relacionados à atividade econômica: prova disso foram as aprovações de questões, em parceria com a Prefeitura de Jundiaí”, ressaltou, lembrando de homenagear e reconhecer o trabalho dos profissionais da saúde de Jundiaí.

Cíntia Souza – Assessoria de Comunicação CIESP Jundiaí

 

Comente