História

Uma história feita de coragem e determinação

A história da Regional do CIESP em Cubatão vem sendo construída sobre alicerces fortes fincados em 1971, data de sua fundação. Desde então, estes 43 anos têm sido marcados pela garra e coragem dos seus comandantes, que enfrentam, como nenhuma outra regional, o desafio de manter produtividade e crescimento econômico do maior pólo químico e petroquímico da América Latina em harmonia com o meio ambiente.

Uma marca nacional, uma cidade de porte

No maior polo industrial da América Latina, Cubatão conta 25 empresas de grande porte e uma população de 127 mil habitantes distribuída em 143km². Essas indústrias gozam importante vantagem competitiva, próximas ao Porto de Santos e ao sistema rodoviário Anchieta-Imigrantes.

O Polo Industrial está sob a jurisdição da Diretoria Regional do CIESP em Cubatão, criada em 1971, que congrega grandes e importantes empresas do mercado nacional, com destaque para as áreas de fertilizantes, química, petroquímica e de siderurgia.

Além de atender empresas localizadas em Cubatão, a entidade dá suporte às indústrias de Guarujá e Bertioga. Ao todo, a Regional conta com 52 empresas no seu quadro associativo.

Entre os principais objetivos desta Diretoria estão:

Promover a integração entre as empresas do Polo Industrial;

Exercer o papel de interlocutor com os demais setores da sociedade, com destaque para o relacionamento entre empresas e comunidade.

No Painel Consultivo Comunitário, criado em 1999, representantes das indústrias, do poder público, da sociedade civil e líderes comunitários se reúnem todos os meses para debater assuntos de interesse mútuo relacionados a Saúde, Meio Ambiente, Segurança e Responsabilidade Social.

Agenda 21

A forte atuação do Ciesp-Cubatão viabilizou a elaboração da Agenda 21, projeto executado em parceria com a Prefeitura e a Câmara Municipal.

O objetivo da Agenda 21 é promover o desenvolvimento sustentável do município, o que engloba as questões ambientais, culturais, sociais e econômicas.

Com ampla participação da comunidade, o projeto “Cubatão 2020, A Cidade que Queremos – Agenda 21” definiu 282 projetos, com previsão de serem executados até 2020.

Leia o livro “Uma história feira por muitas mãos”
Leia o livro “A cidade que queremos”