Ciesp completa 47 anos de atividades em Cubatão

O Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp) – Regional de Cubatão, Guarujá e Bertioga completou 47 anos de história no último dia 2. Durante todo seu tempo de atuação, a entidade tem trabalhado com o foco em tornar o Polo Industrial de Cubatão e região cada vez mais atrativos tanto para novos investidores quanto para a ampliação dos negócios já existentes.

Praticando a sinergia junto às suas 37 empresas associadas e prestadoras de serviços nas mais variadas atividades, a jurisdição da Diretoria Regional do Ciesp concentra importantes empresas dentro dos setores Petroquímico, Químico, Siderúrgico e Fertilizantes, entre outros, segmentos representativos para a indústria brasileira, um dos principais propulsores do mercado nacional.

A localização estratégica do Polo em Cubatão, além de próximo a um dos maiores mercados consumidores do mundo, faz com que as empresas disponham de todos os recursos naturais e tecnológicos necessários para crescer e desenvolver econômica e socialmente a cidade, interagindo com o poder executivo municipal em busca do aprimoramento de seus incentivos fiscais.

Mesmo diante de um cenário econômico desfavorável, o Ciesp Cubatão e suas empresas associadas permanecem investindo em programas sociais para o desenvolvimento sustentável da região, priorizando o diálogo aberto com as comunidades para a realização de projetos aliados às atividades industriais. A parceria com as instituições Sesi e Senai auxilia no fomento da Educação e Qualificação profissional de jovens para o mercado de trabalho.

A regional do Ciesp em Cubatão foi instalada em 8 de fevereiro de 1971. Na época da fundação da regional, Cubatão tinha 23 indústrias de base e já era uma potência química e siderúrgica. Fundado em 1928, na capital do Estado, o Ciesp tem hoje 43 diretorias.

Hall de entrada do Ciesp Cubatão, que conta com o busto do patrono da regional, o Eng. Luiz Antonio Veiga Mesquita

A integração das empresas junto ao Ciesp Cubatão foi estabelecida ao longo dos anos, destacando-se o sucesso nas questões de sustentabilidade e no apoio na implantação da Agenda 21, estudo realizado em 2005 que contempla 282 projetos e 17 temas, cujo o compromisso é promover o desenvolvimento sustentável do município e, consequentemente, da Baixada Santista.

Neste ano, o Ciesp Cubatão inicia sua nova gestão para um período de quatro anos, composta pelo diretor-titular Valdir José Caobianco, representando a empresa Vale Cubatão, o primeiro vice-diretor Raul Elias Pinto, representando a empresa Transportadora Meca, o segundo vice-diretor Americo Ferreira Neto, representando a empresa Usiminas-Usina de Cubatão, e o gerente regional Valmir Ramos Ruiz.

Para Valdir Caobianco, a expansão industrial e desenvolvimento socioambiental são alguns dos compromissos principais do Ciesp Cubatão. “Temos a convicção de que estamos trilhando o caminho para que a cidade seja reconhecida como um dos pontos estratégicos para retomada do crescimento econômico e social do Brasil. A entidade cumpre o seu papel na integração da indústria, comunidade e poder público e propicia novas perspectivas positivas para o cenário futuro da região”.

Com 14 anos à frente da gerência do Ciesp Cubatão, para Valmir Ruiz a integração da Indústria é o ponto fundamental para o desenvolvimento sustentável. “A sinergia das empresas, aliada a um bom planejamento estratégico, certamente proporciona resultados mais expressivos e assertivos para a região. Esta premissa vai ao encontro dos objetivos da Agenda 21, transformando “A cidade que queremos” em oportunidades para a qualificação e empregabilidade”.

Comente