Atibaia

Atibaia tem sua história vinculada aos bandeirantes que circulavam pelas matas em busca de índios e pedras preciosas, pois o local era rota importante para quem partia de São Paulo para as Minas Gerais e tinha como parada obrigatória para descanso, o local com um rio, que os índios chamavam de tubaia ou atubaia (em tupi, água agradável).

Um desses bandeirantes conhecido com Jerônimo de Camargo, de família importante de São Paulo, fixa-se no local e constrói uma capela em homenagem a São João Batista e uma fazenda de gado. A capela foi inaugurada em 24 de junho de 1665, data considerada para a fundação da cidade.

Com o falecimento de Jerônimo de Camargo em 1707, seus descendentes dão continuidade ao trabalho para emancipar o local, o que ocorre em 13 de agosto de 1747, tornando-se freguesia, passando a ser denominado Distrito de São João de Tybhaia. Em 1769 a corte portuguesa, por meio de portaria de 27 de julho, eleva a categoria de vila e no ano seguinte passa a funcionar a Câmara Municipal, com isso, o município se desenvolveu rapidamente graças a pecuária e cultura de trigo e outros cereais.

Em 1864, no dia 22 de abril, pela Lei Provincial, recebe o título de município. E pela Lei Estadual nº 675 de 20 de dezembro de 1905 muda o nome de São João Batista de Atibaia para Atibaia. A partir daí, melhorias são feitas na cidade como a instalação da rede de água, esgoto, inauguração do Grupo Escolar José Alvim e do Hotel Municipal, assim como a instalação da primeira indústria têxtil.

GENTÍLICO: Atibaiano

LIMITES MUNICIPAIS

Norte: Bragança Paulista
Sul: Mairiporã, Franco da Rocha
Leste: Piracaia, Nazaré Paulista e Bom Jesus dos Perdões
Oeste: Campo Limpo Paulista e Jarinú

NATUREZA

Atibaia reúne diversos aspectos naturais, a altitude de 803 m a torna um belo e agradável local para se viver. As serras abrangem 8% do território e o ponto culminante de Atibaia fica na Serra do Itapetinga: O Monumento Natural Estadual da Pedra Grande é um dos pontos turísticos de Atibaia. Localiza-se a 1. 450 m acima do nível do mar. No alto de uma colina aflora um enorme monólito que permite, em algumas ocasiões, a prática de voo livre, asa delta,paraglider, escalada, rapel e um magnífico mirante para toda Atibaia e regiões vizinhas a ela. A partir da Pedra Grande é possível ver, em dias com boa visibilidade, sete municípios.

No local encontra-se uma espécie de flora considerada uma excepcionalidade, sendo estudada por especialistas renomados de várias partes do Brasil. O nome é flora xérica e a probabilidade de que floresça e perpetue-se em solos rochosos é mínima, possível de ser encontrada em poucos lugares do mundo.

A localização da cidade, encravada em um conjunto de serras, facilita a circulação dos ventos dominantes, tornando o ar sempre limpo. O clima é do tipo temperado seco, com temperatura média anual de 19º C e umidade do ar de 80%, e a vegetação predominante no município é composta pela Mata Atlântica.

A cidade é banhada pelo Rio Atibaia, que é dividido em sub-bacias:

Ribeirões da Laranja Azeda, Itapetinga, do Onofre, Folha Larga, Caetetuba, da Cachoeira e das Amaraes;  o Córrego do Lajeado e o Rio das Pedras.

Atibaia possui algumas Unidades de Conservação Ambiental, criadas por Lei Estadual e conhecidas como Áreas de Proteção Ambiental do Sistema Cantareira e do Bairro da Usina, além de outras áreas protegidas como o Tombamento da Serra do Itapetinga, o Parque Municipal da Grota Funda e mais recentemente a APA Municipal das Várzeas do Rio Atibaia. E em 30 de março de 2010 o Governo do Estado de São Paulo, pelo Decreto Estadual n° 55.662, criou o Parque Estadual de Itapetinga e o Monumento Natural Estadual da Pedra Grande, que abrangem o município de Atibaia.

CLIMA:

Estudiosos do clima apontam que Atibaia possui características climáticas consideradas ideais: a altitude entre 750m e 850m, a posição geográfica, entre serras e águas, ventos favoráveis, níveis adequados de insolação, entre outros. Dessa forma, a ideia de segundo melhor clima do mundo passou a ser incorporada à imagem da cidade.

O clima de Atibaia é tropical de altitude, tendo invernos relativamente frios e secos e verão quente e chuvoso.