Reunião sobre a Criação de Unidades de Conservação (RVS) em Bauru, Pederneiras e Agudos

Comissão elabora proposta sobre o que esperam em relação à criação da Unidade de Conservação que abrange os municípios de Bauru, Pederneiras e Agudos

No dia 27 de janeiro às 16 horas na sede do Ciesp Bauru aconteceu mais uma reunião para tratar sobre a criação da Unidade de Conservação (RVS), que abrange os municípios de Bauru, Pederneiras e Agudos, com a participação dos diretores do Ciesp Regional Bauru Domingos Malandrino e Gino Pauluci Jr e dos departamentos de Meio Ambiente do Ciesp-SP e da Fiesp-SP; e representantes do COMDEMA; da Assenag; do SindusCon; do SindCon; da SECOVI; da OAB Bauru; do Sindicato Rural de Pederneiras; da Prefeitura de Agudos; da Associação de Moradores Tangarás, Manchester, Jd Ivone e V. São Paulo e da comunidade bauruense Izidoro Schafranski Neto.

Foi elaborada pelos participantes uma proposta, de acordo com o que se espera do Governo Estadual, que foi encaminhada para análise e complementação técnica do COMDEMA.

Na próxima segunda-feira, dia 3 de fevereiro, às 17h, haverá uma reunião aberta no Ciesp Bauru, para que tal proposta seja finalizada e apresentada durante a Audiência Pública na Câmara Municipal de Bauru que será agendada.

As propostas:

•        No caso da criação de uma Unidade de Conservação, que ela fique dentro do perímetro de limite das áreas públicas (que representam 75% da proposta atual) no grupo de UC de Uso Sustentável na categoria de Área de Proteção Ambiental – APA;

•        Que sejam realizadas novas oficinas nos municípios onde se pretende instalar a Unidade de Conservação, convocando a sociedade civil organizada e os órgãos ambientais constituídos e o resultado dessas oficinas deverá ser apresentado em quantas Audiências Públicas forem necessárias em Bauru, Agudos e Pederneiras;

•        Não há condições de se criar Unidade de Conservação de Uso Sustentável nos municípios de Bauru, Agudos e Pederneiras sem regulamentar a Lei do Cerrado em áreas urbanas.

Comente